Kim Jong-un discutiu com Forças Estratégicas plano de atacar Guam

Na semana passada, a Coreia do Norte disse que lançaria mísseis em Guam até meados de agosto, de acordo com o comando da Força Estratégica

São Paulo – O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, discutiu o plano do Exército norte-coreano de atacar a ilha de Guam, que é administrada pelos Estados Unidos, durante reunião com o general Kim Rak Gyom nesta segunda-feira, de acordo com a agência de notícias norte-coreana KCNA.

Segundo reportagem que relata o dia do líder norte-coreano, Kim Jong-un afirmou que os EUA, que criaram o motivo de disputa, devem ser os primeiros a tomar a opção correta e mostrá-la com suas ações “e continuou que o império deve abandonar de imediato suas provocações insolentes e a exigência unilateral contra a Coreia do Norte”.

Na semana passada, a Coreia do Norte disse que iria lançar mísseis em Guam até meados de agosto, de acordo com o comando da Força Estratégica, que espera a aprovação do líder Kim Jong-un.

Segundo a KCNA, ele irá “observar um pouco mais a atitude estúpida e torpe dos EUA, que estão sofrendo os momentos penosos e agudos de seu destino trágico”.