Kim Jong-un dá banquete para atletas em nova aparição

Após um longo período longe das câmeras, o líder norte-coreano diz quer "construir uma máquina esportiva" no país

O líder norte-coreano Kim Jong-Un ofereceu um banquete aos atletas de seu país que conquistaram medalhas de ouro nos últimos Jogos Asiáticos, em sua terceira aparição pública depois de um longo período longe das câmeras, informou neste domingo a imprensa oficial.

Kim Jong-Un homenageou os atletas que competiram em Incheon, na Coreia do Sul, indicou a agência KCNA.

De acordo com a agência, os atletas convidados ilustram “a vitalidade do projeto do partido”, que quer “construir uma máquina esportiva” na Coreia do Norte.

A Coreia do Norte ganhou 11 medalhas de ouro, 11 de prata e 14 de bronze nos Jogos Asiáticos, realizados de 19 de setembro a 4 de outubro. Esse foi o melhor resultado do país desde 1990.

O líder norte-coreano, que tem cerca de 30 anos, é um amante dos esportes e premia com frequência os melhores atletas nacionais com carros de luxo e casas.

O banquete teria acontecido no sábado e também teve a participação de autoridades do Partido Comunista e do Exército.

Essa foi a terceira aparição pública de Kim Jong-Un depois de seis semanas de ausência que alimentaram rumores sobre seu estado de saúde e, inclusive, sobre um golpe de Estado.

Nas duas aparições anteriores, ele foi visto com uma bengala inspecionando complexos residenciais.