Kim Jong-Il gasta 120 mil euros por ano com cachorro

Ditador também teria importado garrafas de vinho francês, cavalos e jet skis

São Paulo – Apenas em um ano, o ditador coreano Kim Jong-Il gastou 120 000 euros em compras de ração para o seu cachorro de estimação, informou nesta sexta-feira o jornal Daily Mail. A informação, proveniente de um relatório encaminhado ao parlamento da Coreia do Norte, foi vazada por uma fonte ligada à Coreia do Sul, o representante do partido conservador sul-coreano Yoon Sang Hyun, informou o periódico.

Segundo a fonte sul-coreana, o ditador também teria importado 600 garrafas de vinho da França em 2010 para festas de políticos e militares, além de dezenas de cavalos da Rússia e jet skis americanos para o seu filho. A maioria das compras foram importadas da China e da Rússia. Se as compras forem comprovadas, o ditador terá violado as sanções do Conselho de Segurança da ONU, que proíbe a exportação de artigos de luxo à Coreia do Norte.

As extravagâncias de Kim chamam atenção em um país onde seis milhões de pessoas vivem em extrema pobreza. “A vida luxuosa da família de Kim Jong-Il vai na contra mão do sofrimento dos norte-coreanos”, disse Hyun.