Kim está pronto para retomar conversas com os EUA, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos já havia afirmado ontem que recebeu uma "carta muito bonita" do ditador norte-coreano Kim Jong-un

Seul – O presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou neste sábado que Kim Jong-un lhe disse que a Coreia do Norte estaria pronta para retomar conversas sobre seu programa nuclear e de mísseis assim que os exercícios militares conjuntos de Estados Unidos e Coreia do Sul terminarem.

A Coreia do Norte lançou o que pareceram ser dois mísseis de curto alcance no sábado, disse a Coreia do Sul, em uma “demonstração de força” contra os exercícios militares.

Mais lançamentos de mísseis são altamente prováveis, pois o Exército norte-coreano está conduzindo seus próprios exercícios de verão, disse o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul, em um comunicado.

O lançamento aconteceu algumas horas depois de Trump afirmar que recebeu uma “carta muito bonita” de Kim.

Trump tuitou, no sábado, que Kim reclamou dos exercícios “ridículos e caros” e gostaria de se encontrar para começar negociações assim que eles fossem encerrados.

A Coreia do Norte lançou uma série de mísseis desde que Kim e Trump concordaram, em uma reunião de 30 de junho, em reviver as conversas sobre desnuclearização.

Dois mísseis voaram cerca de 400 kms, segundo o exército sul-coreano.

A imprensa estatal da Coreia do Norte ainda não confirmou o lançamento, mas, em um comentário no sábado, culpou a Coreia do Sul por “construir armas contra o diálogo”.

Os lançamentos no sábado aparentemente testaram as capacidades de um novo míssil de curto alcance que Pyongyang está desenvolvendo, disse o gabinete presidencial da Coreia do Sul.