Kerry admite derrota e telefona para Bush

O presidente republicano George W. Bush venceu a disputa com o senador democrata John Kerry e deve se pronunciar oficialmente ainda hoje

O republicano George W. Bush foi reeleito presidente dos Estados Unidos e já recebeu um telefonema de seu adversário, o senador democrata John Kerry, reconhecendo a derrota. Kerry e Bush devem realizar pronunciamentos oficiais ainda nesta quarta-feira (2/11). Conforme o jornal New York Times, a conversa telefônica entre os dois candidatos ocorreu após Bush assegurar a vitória no estado de Ohio, que lhe garantiu 20 votos no colégio eleitoral, suficientes para elegê-lo por mais quatro anos.

Com 99% dos votos apurados em Ohio, Bush liderava a contagem, com 51% das preferências, contra 48,5% de Kerry. A diferença era de 130 mil votos. Sem o resultado de Ohio, o republicano contava com uma pequena dianteira. Bush já havia conquistado 254 votos do colégio eleitoral, contra 252 de Kerry. Para ser eleito presidente nos Estados Unidos, o candidato precisa de 270 votos, o que seria assegurado por quem vencesse em Ohio (veja o que muda para o Brasil com a eleição de cada candidato em reportagem de EXAME).

As pequisas de boca de urna apontavam a reeleição de Bush por 51% dos votos, segundo o americano The Wall Street Journal, mas os democratas ainda confiavam numa virada. Na noite de terça-feira (2/11), John Edwards, que concorre à vice-presidência ao lado de Kerry, afirmou que o partido “lutará por cada voto”. “Será uma longa noite de apuração, mas os democratas podem aguardar mais uma noite pela vitória”, afirmou.