Julgamento do coautor dos atentados de Boston é adiado

Julgamento de Dzhokhar Tsarnaev acontecerá no dia 5 de janeiro de 2015

Washington – O julgamento do principal acusado pelo atentado a bomba da maratona de Boston em 2013, Dzhokhar Tsarnaev, acontecerá no dia 5 de janeiro de 2015 e não no dia 3 de novembro deste ano, como estava previsto, determinou nesta quarta-feira o juiz federal George O”Toole.

A defesa de Tsarnaev tinha pedido o adiamento do julgamento até setembro de 2015 com o argumento de que precisa de mais tempo para preparar suas alegações em um caso no qual o acusado pode ser condenado à pena de morte.

Além disso, os advogados do acusado pediram que o julgamento não acontecesse em Boston pela impossibilidade, a seu entender, de constituir um júri imparcial na cidade onde ocorreram os atentados e onde haverá, com toda certeza, uma grande cobertura midiática.

O juiz O”Toole desprezou essa solicitação e só concedeu à defesa mais dois meses para se preparar para o julgamento com o adiamento para o dia 5 de janeiro do ano que vem.

O Departamento de Justiça dos EUA pediu a pena de morte para Tsarnaev pelos atentados durante a maratona de Boston no dia 15 de abril de 2013, nos quais morreram três pessoas e 260 ficaram feridas.

Como essa pena não é prevista no estado de Massachusetts, o governo federal deverá ser responsável por executar a sentença de morte se assim for decidido no julgamento.

O jovem de 20 anos é acusado de cometer o massacre junto com seu irmão Tamerlan, que foi morto em uma perseguição policial alguns dias depois do atentado.

Em audiências anteriores, a defesa mostrou que sua estratégia provavelmente irá se basear na suposta má influência de Tamerlan para salvar Tsarnaev da pena de morte.