Julgamento de “El Chapo” terá 7 mulheres e 5 homens como jurados

Membros do júri estão parcialmente isolados e sob fortes medidas de segurança, com ordem do juiz do caso, Brian Cogan, de não falarem sobre o julgamento

Nova York – O júri que avaliará as provas no julgamento do narcotraficante mexicano Joaquín “El Chapo” Guzmán será composto por sete mulheres e cinco homens, definidos nesta quarta-feira, 7, em um processo que durou dois dias e teve 75 candidatos.

Ex-líder do maior cartel de drogas do mundo, o Cartel de Sinaloa, ‘El Chapo’ é acusado em um tribunal de Nova York pelos crimes de narcotráfico e de manter uma empresa criminosa que durante duas décadas exportou toneladas de droga aos Estados Unidos.

Também foram escolhidos quatro mulheres e dois homens como jurados suplentes para este julgamento, que atrai atenção internacional e que entrará em sua reta decisiva a partir do próximo dia 13.

Entre os membros do júri, que têm de 20 a 50 anos de idade, há imigrantes de Polônia, Etiópia e países da Ásia, e que desde hoje estão parcialmente isolados e sob fortes medidas de segurança, com ordem do juiz do caso, Brian Cogan, de não falarem sobre o julgamento.