Juiz do caso Manafort diz ter recebido ameaças

Trata-se do primeiro julgamento decorrente da investigação supervisionada por Robert Mueller, que está apura intromissão russa nas eleições de 2016 nos EUA

Washington – O juiz do julgamento de Paul Manafort, ex-gerente de campanha do presidente norte-americano, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que não divulgará os nomes e endereços dos jurados procurados pela mídia porque está preocupado com sua “paz e segurança”.

O juiz TS Ellis, falando no tribunal enquanto os jurados deliberavam pelo segundo dia, afirmou que recebeu ameaças sobre o caso e está sendo protegido por policiais dos EUA.

“Eu não tinha ideia de que este caso atiçaria essas emoções … Eu não me sinto bem se divulgar seus nomes”, disse ele.

Manafort é acusado de fraude bancária e fiscal no primeiro julgamento decorrente da investigação supervisionada pelo procurador especial dos EUA, Robert Mueller, que está investigando intromissão russa nas eleições de 2016 nos EUA.