Judeu ortodoxo é esfaqueado no norte da Itália

Nathan Graff recebeu sete facadas na coluna, no braço e no rosto no bairro judeu da cidade italiana

Um homem não identificado esfaqueou na noite desta quinta-feira um judeu ortodoxo de 40 anos diante de uma pizzaria kosher em Milão, norte da Itália, informou a imprensa local.

Nathan Graff recebeu sete facadas na coluna, no braço e no rosto no bairro judeu da cidade italiana.

O agressor, que usava um capuz, atacou pelas costas e depois fugiu. A vítima foi levada para um hospital e submetida a uma cirurgia. Seu estado não é grave.

A vítima, sobrinho do rabino de origem afegã Hetzkia Levi, se encontrava de visita a Milão e usava o traje característico dos ortodoxos.

A prefeitura de Milão reforçou a vigilância de alguns bairros da cidade e, em um comunicado, o presidente do Congresso Judeu Mundial (WJC), Ronald Lauder, considerou “imperativo que as autoridades italianas tratem este incidente com a maior seriedade”.

Os motivos do ataque não são conhecidos por ora, e testemunhos colhidos pela imprensa são confusos. As câmeras de vigilância instaladas na zona podem ajudar a entender os fatos.

A agressão coincide com os múltiplos ataques ocorridos desde o início de outubro em Israel e nos territórios palestinos, depois que o Estado Islâmico (EI) lançou ameaças contra os judeus de todo o mundo.