José Serrano é eleito presidente do Parlamento do Equador

O ex-ministro de Interior do presidente Rafael Correa recebeu na AN 77 votos a favor, 31 contra.

Quito — O deputado pelo movimento Aliança País (AP, esquerda), José Serrano, foi escolhido neste domingo presidente do Parlamento do Equador para os dois próximos anos graças aos votos dos oficialistas, maioria na Assembleia Nacional (AN).

Serrano, já juramentado, apresentou nove eixos de gestão para sua presidência entre os quais estão a abertura política da AN, “aprofundar e visibilizar a fiscalização”, uma agenda legislativa “coerente” e “a consolidação de um bloco democrático que garanta a governabilidade”.

“Nosso objetivo é deixar o cidadãos mais próximo do exercício legislativo” acrescentou Serrano.

O ex-ministro de Interior do presidente Rafael Correa, e candidato a deputado que mais votos recebeu nas eleições legislativas de 19 de fevereiro, recebeu na AN 77 votos a favor, 31 contra. A votação também teve 2 votos brancos e 26 abstenções.