Jihadistas avançam para cidade síria de Ain al-Arab

Jihadistas do grupo Estado Islâmico avançavam em direção à cidade curda de Ain al-Arab, norte da Síria

Beirute – Os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) avançavam nesta quinta-feira em direção à cidade curda de Ain al-Arab, norte da Síria, o que obrigou os combatentes curdos a abandonar uma área da frente de combate.

“O EI avançou para Kobane (nome curdo de Ain al-Arab) a partir das frentes sudeste e oeste, de onde os combatentes das Unidades de Proteção do Povo (YPG, principal milícia curda) se retiraram”, afirmou o diretor da ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahman.

“Há um grande temor de que o EI possa chegar muito em breve a Kobane”, disse Rahman.

A cidade, próxima da fronteira com a Turquia, tem milhares de civis curdos.

O avanço dos jihadistas acontece apesar dos bombardeios da coalizão internacional contra suas posições neste setor para impedir que cheguem a Ain al-Arab, defendida pelas forças curdas há duas semanas.

“Há dúvidas de que os combatentes curdos possam resistir, já que o EI utiliza tanques e outras armas pesadas na ofensiva”, disse o diretor da ONG, que recordou que os curdos são inferiores em número e armas.

Os curdos se preparam para batalhas nas ruas de Ain al-Arab, caso os jihadistas consigam romper as linhas de defesa do YPG nas proximidades da cidade.