Jesuítas destacam compromisso de Francisco

O espanhol Adolfo Nicolás, declarou que "todos os jesuítas acompanham com orações este irmão"

Cidade do Vaticano- A Companhia de Jesus destacou nesta quinta-feira o espírito evangelizador do papa Francisco, sua proximidade com os pobres, sua identificação com os mais simples e seu compromisso com a renovação da Igreja.

Em comunicado, o superior geral da Companhia de Jesus – ordem religiosa à qual Francisco pertence -, o espanhol Adolfo Nicolás, declarou que “todos os jesuítas acompanham com orações este nosso irmão e agradecemos sua generosidade em aceitar a responsabilidade de guiar a Igreja em um momento crucial”.

“O nome “Francisco” nos remete a seu espírito evangelizador de proximidade com os pobres, sua identificação com os mais simples e seu compromisso com a renovação da Igreja”, afirmou o superior geral dos jesuítas.

Nicolás acrescentou também que “desde o primeiro momento em que se apresentou perante o povo de Deus (o papa Francisco), deu seu testemunho mostrando sua humildade, sua experiência pastoral e sua profundidade espiritual”.

O superior geral dos jesuítas destacou que é “característica distintiva” da Companhia de Jesus, fundada por Inácio de Loyola, “ser um grupo de companheiros unidos com o pontífice, com um vínculo especial de amor e serviço”.

“Compartilhamos a alegria de toda a Igreja ao mesmo tempo que desejamos renovar nossa disponibilidade para sermos enviados à vinha do Senhor, conforme o espírito de nosso voto especial de obediência, que tão particularmente nos une com o Santo Padre”, destacou.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, também jesuíta, disse hoje que os membros desta ordem vivem a espiritualidade a serviço da Igreja, “como serviço subordinado à autoridade”.

“Para nós, a ideia de um papa jesuíta é algo muito estranho, algo ao qual não estamos acostumados. Vivi a escolha como um grande chamado para o serviço da Igreja recebido por um de nossos irmãos”, acrescentou.