Jeb Bush dá novo passo para candidatura à Casa Branca

Em um e-mail enviado ao "Washington Post", um assessor de Jeb disse que o ex-governador, 61, deixou o cargo de consultor da Academic Partnerships

O ex-governador da Flórida Jeb Bush renunciou a seus cargos em empresas e organizações sem fins lucrativos, informou nesta quinta-feira a imprensa americana, em um novo sinal de preparação para entrar na disputa pela Casa Branca.

Em um e-mail enviado ao “Washington Post”, um assessor de Jeb disse que o ex-governador, 61, deixou o cargo de consultor da Academic Partnerships, empresa dedicada a cursos de formação pela internet.

O filho do ex-presidente George H. W. Bush (1989-1993) e irmão do ex-presidente George Bush (2001-2009) renunciou nos últimos dias a várias atividades de negócios e profissionais, entre elas algumas que poderiam comprometê-lo do ponto de vista político.

Abandonar as atividades no setor privado “é parte integrante de um processo que atravessa enquanto realiza a transição para se focar em uma potencial candidatura a presidente”, disse sua porta-voz, Kristy Campbell, ao Washington Post.

“Este é um próximo passo natural, que lhe permitirá se concentrar em calibrar o interesse em uma potencial candidatura”, acrescentou.

Segundo uma pesquisa divulgada na última segunda-feira pela rede de TV CNN, a provável candidata democrata, Hillary Clinton, venceria uma eventual disputa com Jeb Bush (41%), embora este último tenha aumentado sua popularidade desde o começo de 2014.