Jacinda Ardern será a próxima primeira-ministra da Nova Zelândia

Aos 37 anos, ela será a líder mais nova do país, tendo sido comparada ao presidente da França, Emmanuel Macron, e ao premiê do Canadá, Justin Trudeau

Wellington – A líder opositora trabalhista Jacinda Ardern será a próxima primeira-ministra da Nova Zelândia e pretende conduzir o país de forma mais liberal após nove anos de governo conservador.

O resultado da eleição nacional, realizada há quase um mês, só foi conhecido nesta quinta-feira depois que o partido pequeno New Zealand First decidiu apoiar o Partido Trabalhista liberal de Ardern.

Com isso, aos 37 anos, ela será a líder mais nova do país, tendo sido comparada a outros líderes jovens, como o presidente da França, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau. Ardern afirmou que queria liderar um governo que cuide do meio ambiente e das pessoas mais vulneráveis do país. “É uma honra absoluta e um privilégio”, disse.

Os neozelandeses esperaram desde as eleições de 23 de setembro para descobrirem quem irá governar o país, com o resultado não ficando claro logo depois. O dólar neozelandês caiu cerca de 2% após a votação.

Fonte: Associated Press.