Itamaraty repudia atentado no metrô de Minsk

Governo brasileiro manifestou repúdio a qualquer forma de atentado contra civis

Brasília – O Governo brasileiro expressou nesta terça-feira seu “repúdio” ao atentado terrorista de segunda-feira no metrô de Minsk, capital de Belarus, que deixou 12 mortos e mais de 100 feridos, e mostrou sua solidariedade com as vítimas.

“O Governo brasileiro manifesta grande pesar pelo atentado a bomba em uma estação do Metrô de Minsk”, diz um breve comunicado do Ministério das Relações Exteriores.

A nota acrescenta que Brasília reitera “reitera o repúdio a todas as formas de terrorismo e envia suas mais sinceras condolências às famílias das vítimas e ao governo da República de Belarus”.

Segundo dados preliminares, o ataque foi cometido na segunda-feira com uma bomba de potência equivalente a sete quilos do explosivo TNT na estação de metrô Oktyabrskaya, uma das mais movimentadas da capital bielorrussa, já que liga uma área de edifícios oficiais e sedes de grandes empresas com bairros da periferia.

Além dos 12 mortos, 149 pessoas receberam atendimento médico, sendo que 22 delas se encontram em estado grave de saúde.