Itália resgata barco com 500 imigrantes no Mediterrâneo

Os resgatados estavam a bordo de quatro botes que tinham partido da Líbia e com os quais tentavam chegar à Itália

Roma – A Guarda Costeira da Itália coordenou nesta terça-feira o resgate de 500 emigrantes e recuperou oito cadáveres em quatro botes que navegavam à deriva no mar Mediterrâneo com a intenção de chegar à Europa.

Os funcionários da Guarda italiana disseram à Agência Efe que os resgatados estavam a bordo de quatro botes que tinham partido da Líbia e com os quais tentavam chegar à Itália.

Foram realizadas quatro operações no Mediterrâneo que já finalizaram e que estiveram coordenadas pelo Centro Operativo da Guarda Costeira de Roma, dependente do Ministério de Transportes italiano.