Itália registra 793 mortes por coronavírus em apenas um dia

Autoridades afirmam que 4.825 pessoas já morreram no país

ROMA (Reuters) – O número de mortos em decorrência do coronavírus na Itália aumentou em 793 em um dia, para 4.825, disseram autoridades neste sábado, um aumento de 19,6% que representa de longe o maior crescimento diário em termos absolutos desde o surgimento da epidemia um mês atrás.

Na quinta-feira, a Itália ultrapassou a China como país a registrar o maior número de mortes em decorrência do vírus altamente contagioso.

O número total de casos na Itália subiu para 53.578 em relação aos 47.021 anteriores, um aumento de 13,9%, informou a Agência de Proteção Civil.

A região norte da Lombardia, a mais atingida, permanece em situação crítica, com 3.095 mortes e 25.515 casos.

Das pessoas originalmente infectadas em todo o país, 6.072 haviam se recuperado totalmente até sábado, em comparação com 5.129 no dia anterior.

Havia 2.857 pessoas em terapia intensiva contra as anteriores 2.655.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus