Israel mata dirigente do Hamas e outros três palestinos

Ahmed Abu Jalal, um dos líderes das Brigadas de Izz al Din Al Qassim, foi vítima de um ataque aéreo a leste do campo de refugiados de Al Mughazi

Gaza – O exército de Israel matou hoje um líder da milícia do Hamas, dois de seus irmãos e um vizinho em um ataque aéreo no centro de Gaza, o que eleva a 28 o número de palestinos mortos por disparos israelenses desde a última quarta-feira, informaram fontes médicas e testemunhas.

Ahmed Abu Jalal, um dos líderes das Brigadas de Izz al Din Al Qassim, foi vítima de um ataque aéreo a leste do campo de refugiados de Al Mughazi, afirmou o porta-voz do Ministério da Saúde do Hamas, Ashraf al Qedra.

O exército israelense disse à Agência Efe que está investigando a informação.

O ataque eleva a 28 o balanço palestino de mortos e a cerca de 250 o de feridos desde o início da operação ”Pilar defensivo”, além dos três civis israelenses mortos ontem por um foguete lançado da Faixa.

Cerca de metade dos mortos palestinos é de civis, entre eles sete crianças, três idosos e duas mulheres, afirmou à imprensa local o ministro da Saúde do governo do Hamas em Gaza, Moufid Mujalalati.