Israel bombardeia alvos militares em Gaza

Fontes médicas na Faixa assinalaram que pelo menos dois civis foram feridos e levados para um hospital para receber tratamento médico

Gaza/Jerusalém – A Força Aérea de Israel bombardeou na madrugada desta quarta-feira vários pontos da Faixa de Gaza, ferindo duas pessoas, em resposta ao lançamento de um foguete do território palestino na noite de ontem, informaram fontes de segurança palestinas e israelenses.

Oficiais do Hamas e testemunhas no território palestino disseram à Agência Efe que ouviram uma série de explosões no noroeste da Cidade de Gaza.

Fontes médicas na Faixa assinalaram que pelo menos dois civis foram feridos e levados para um hospital para receber tratamento médico.

O exército israelense confirmou o ataque em comunicado: “Em resposta ao projétil que caiu sobre uma área despovoada no Conselho Regional de Hof Ashkelon, aviões da Força Aérea atacaram dois postos do Hamas no norte da Faixa de Gaza”, diz a nota militar.

Pouco depois das 21h locais de terça-feira (15h de Brasília), um foguete lançado do território palestino caiu em Israel, mas sem causar danos e feridos.

Os disparos de foguetes da Faixa de Gaza, que está submetida a um ferrenho bloqueio por parte de Israel desde que o Hamas assumiu seu controle pela força em 2007, são registrados de forma intermitente.

Desde o fim do último conflito bélico de envergadura entre Israel e as milícias armadas da Faixa em agosto de 2014, ambas as partes mantêm uma trégua que está sendo respeitada, com lançamentos ocasionais de foguetes, cuja autoria não é reivindicada pelo Hamas e que costumam ser respondidos com bombardeios israelenses contra alvos militares do movimento islamita palestino.

Israel responsabiliza o Hamas de qualquer agressão contra o seu território procedente da Faixa, pois o grupo islamita é quem governa o território na prática.