Ismaïl Haniyeh é eleito líder do Hamas palestino

Ao contrário de seu predecessor, Haniyeh permanecerá em Gaza, sob bloqueio israelense há mais de uma década, para dirigir o Hamas

O líder palestino Ismaïl Haniyeh foi eleito neste sábado à frente do gabinete político do Hamas, no poder na Faixa de Gaza, anunciaram os veículos de comunicação do movimento islamita.

“O conselho da Shura do Hamas elegeu neste sábado Ismaïl Haniyeh como chefe do gabinete político do movimento”, relataram os meios de comunicação.

Nascido em 1963, Haniyeh sucede Khaled Mechaal, que cumpriu o máximo de dois mandatos autorizados pelo movimento.

Ele venceu esta eleição contra Mussa Abu Marzuk e Mohamed Nazzal, após uma votação por videoconferência dos membros da Shura em Gaza, na Cisjordânia e fora dos territórios palestinos.

Um porta-voz do Hamas em Doha, o exilado Khaled Mechaal, confirmou a eleição de Haniyeh.

Ao contrário de seu predecessor, Haniyeh permanecerá no pequeno enclave, sob bloqueio israelense há mais de uma década, para dirigir o Hamas.

O anúncio da nova liderança do Hamas acontece apenas alguns dias após o movimento anunciar pela primeira vez em sua história uma mudança em seu programa político, dizendo aceitar um Estado palestino limitado às fronteiras de 1967.

De acordo com especialistas, este grupo, denunciado por muitos como “antissemita”, tenta voltar para o jogo das negociações internacionais.