Irmãs menores de idade são violadas e assassinadas na Índia

As três meninas desapareceram após saírem do colégio e foram encontradas em um poço próximo de sua casa

Nova Délhi – Três irmãs de 6, 9 e 11 anos foram violadas, assassinadas e jogadas em um poço na semana passada no oeste da Índia, informou nesta quarta-feira à Agência Efe uma fonte policial.

As meninas desapareceram no dia 14 após saírem do colégio, e foram encontradas dois dias depois em um poço a meio quilômetro de sua casa na cidade de Murmadi, no estado de Maharashtra, explicou a superintendente de polícia Arti Singh.

“As três foram estupradas antes de serem mortas”, afirmou Singh.

Segundo informa a rede de televisão “NDTV”, o avô explicou que as meninas foram atraídas com comida por estranhos. As crianças perderam o pai há quatro anos e viviam com sua mãe em extrema pobreza.

Os moradores da cidade denunciaram que as forças da ordem tentaram registrar o caso como um acidente, e que só após protestos nas ruas as forças da ordem averiguam as mortes.

A polícia montou cinco equipes para buscar os criminosos e ofereceu uma recompensa de quase 700 euros por informações que levarem a sua detenção.

A violação coletiva de uma estudante de 23 anos em dezembro de 2012 gerou protestos e um debate sem procedentes sobre a situação da mulher na Índia.

Após os grandes protestos por esse caso, a imprensa indiana tem informado diariamente sobre abusos sexuais e violência contra a mulher em todo o país, o que obrigou o governo a tomar medidas para melhorar sua situação, como a criação de tribunais rápidos.