Irlanda pede explicações sobre questão da fronteira ao Reino Unido

Reino Unido deixará a UE, o mercado único e a união aduaneira em março. No entanto, isso poderia criar dificuldades para os negócios entre as Irlandas

Sofia – O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, advertiu nesta quinta-feira que o Reino Unido deve explicar como pensa em manter aberta a fronteira entre as Irlandas ou enfrentar a possibilidade de que não se chegue a um acordo sobre o processo de saída britânica da União Europeia (Brexit).

“Necessitamos a segurança de que (a fronteira) é factível e legalmente funcional, e até agora não temos vistos nada que remotamente se pareça com isso”, disse Varadkar.

O Reino Unido deixará a UE, o mercado único e a união aduaneira em março. No entanto, isso poderia criar dificuldades para os negócios entre a Irlanda do Norte, que integra a Grã-Bretanha, e a República da Irlanda, que é membro da UE.

Os líderes do bloco avaliarão as negociações do Brexit no próximo mês e querem chegar a um acordo até outubro, para dar tempo para que os Parlamentos o ratifiquem.

“Se não conseguirmos avanços reais até junho, temos que nos perguntar seriamente se haverá um pacto sobre a saída do Reino Unido”, disse o premiê irlandês. Fonte: Associated Press.

Veja também