Iraque diz que da Al Qaeda está indo para a Síria

"Temos informações seguras dos serviços de inteligência que indicam que combatentes da Al Qaeda cruzaram a fronteira para cometer atos terroristas dentro da Síria"

Bagdá – O ministro das Relações Exteriores iraquiano, Hoshiar Zebari, disse nesta quinta-feira que membros da rede terrorista Al Qaeda no Iraque começaram a se deslocar para a Síria para praticar ataques neste país.

“Temos informações seguras dos serviços de inteligência que indicam que combatentes da Al Qaeda cruzaram a fronteira para cometer atos terroristas dentro da Síria”, disse Zebari em entrevista coletiva em Bagdá.

O ministro assegurou que o Iraque já tinha alertado a Síria sobre o perigo de permitir a passagem de combatentes estrangeiros e homens armados pela fronteira dos dois países. Zebari expressou seus temores de que a situação piore ainda mais na Síria e atinja o Iraque.

O ministro lembrou que a posição de seu país sobre o conflito no país vizinho é “clara”, defendeu a alternância pacífica no poder e condenou todos os tipos de violência, seja por parte do regime ou dos rebeldes. “Seguimos uma política neutra em relação à Síria”, explicou o ministro.