Irã vê negociações substanciais e úteis com potências

Reuniões realizadas entre quarta e sexta-feira na subsede da ONU em Viena servem como preparativo para a próxima rodada de negociações políticas

Viena/Ancara – Um alto funcionário do governo iraniano disse nesta sexta-feira que as negociações entre especialistas do Irã e de seis potências a respeito do programa nuclear do país foram “substanciais e úteis”.

As reuniões realizadas entre quarta e sexta-feira na subsede da ONU em Viena servem como preparativo para a próxima rodada de negociações políticas, previstas para este mês, também na capital austríaca.

Depois de chegarem a um acordo preliminar para restringir o programa nuclear iraniano, no final do ano passado, as partes envolvidas esperam definir um acordo definitivo até o final de julho, encerrando assim uma década de disputa.

Vários países ocidentais suspeitam que o Irã tenha tentado desenvolver armas nucleares, algo que Teerã nega, insistindo no caráter pacífico das suas atividades. As negociações incluem EUA, Rússia, China, França, Grã-Bretanha e Alemanha.

“A discussões foram muito sérias, substanciais e úteis”, disse o chefe da delegação iraniana de especialistas, Hamid Baidinejad, funcionário da chancelaria, à agência de notícias Fars.

O principal objetivo das autoridades ocidentais nesta negociação é convencer o Irã a reduzir drasticamente suas atividades de enriquecimento de urânio, um processo que pode produzir combustível para reatores nucleares civis ou, dependendo do grau de pureza do material obtido, matéria-prima para armas atômicas.