Irã testa sistema de defesa aérea feito na Rússia

Com um alcance de até 200 quilômetros, o S-300 é capaz de monitorar e atingir vários alvos simultaneamente

Teerã – O Irã testou com sucesso um sofisticado sistema de defesa aérea produzido na Rússia, informou a agência estatal Irna neste sábado. Segundo a agência, o teste do sistema S-300 ocorreu durante um recente exercício militar chamado Damvand, uma referência à montanha mais alta do Irã.

De acordo com o relato oficial, o teste teve como alvos vários objetos voadores, entre eles mísseis. Com um alcance de até 200 quilômetros, o S-300 é capaz de monitorar e atingir vários alvos simultaneamente.

A TV estatal divulgou imagens de mísseis lançados da traseira de caminhões. Segundo a imprensa oficial, o teste ocorreu no deserto no centro do país.

A Rússia entregou o sistema S-300 para o Irã em 2016, quase dez anos após a assinatura do contrato para isso. O Irã fechou o contrato de US$ 800 milhões para a compra em 2007, mas Moscou suspendeu a entrega três anos depois por causa de objeções dos Estados Unidos e de Israel.

Em 2016, foi fechado um importante acordo nuclear entre o Irã e potências mundiais. No âmbito desse pacto, o Irã limitou suas atividades nucleares em troca da retirada de sanções internacionais.