Irã seleciona 16 locais para novas usinas nucleares

O país afirmou que precisa de 20 usinas de larga escala para atender sua crescente demanda por eletricidade

Teerã – O Irã selecionou 16 locais como sendo adequados à construção de novas usinas nucleares com as quais país quer impulsionar sua produção de energia nos próximos 15 anos, informaram autoridades neste sábado. O país afirmou que precisa de 20 usinas de larga escala para atender sua crescente demanda por eletricidade.

O Irã opera atualmente uma usina nuclear de 1.000 megawatts em Bushehr, cidade no Golfo Pérsico, e planeja construir outra usina de 360 megawatts na cidade de Darkhovin, no sudoeste do país.

“O país inteiro tem sido estudado nos últimos anos”, disse o vice-presidente, Fereidoun Abbasi, que também chefia a organização de energia atômica do Irã. “Locações adequadas foram analisadas e 16 delas escolhidas em diversas partes do país.” Os locais foram selecionados pela resistência a terremotos e ataques aéreos militares.

Separadamente, a televisão estatal do país informou que foram descobertos novos recursos de urânio no que foi caracterizado como uma “grande descoberta”. Uma vez que as sanções da Organização das Nações Unidas (ONU) proíbem o Irã de importar material nuclear, o país focou em desenvolver reservas domésticas de urânio.

Os Estados Unidos e alguns de seus aliados temem que o Irã possa desenvolver uma arma nuclear. O Irã nega as acusações, dizendo que seu programa nuclear é destinado a fins pacíficos, como gerar eletricidade. As informações são da Associated Press.