Irã diz que potências receberam bem propostas para impasse

Ministro disse que a atmosfera das discussões era "positiva" após apresentação de proposta

Genebra – O vice-chanceler iraniano, Abbas Araqchi, disse nesta terça-feira que as potências mundiais tiveram uma primeira reação “boa” às propostas feitas por Teerã para encerrar o impasse sobre o programa nuclear do Irã, e que os detalhes serão discutidos à tarde.

Falando a repórteres após o Irã ter feito uma apresentação em slides de PowerPoint no início de dois dias de reunião com seis potências em Genebra, o ministro disse que a atmosfera das discussões era “positiva”. Ele não deu detalhes sobre as propostas, as quais descreveu como “confidenciais”.

Diplomatas ocidentais não estavam disponíveis para comentar.

As potências –Estados Unidos, França, Alemanha, China Grã-Bretanha e Rússia– acusam o Irã de buscar o desenvolvimento de uma arma nuclear e exigem o fim do programa de enriquecimento de urânio do país. Em troca, ofereceram aliviar sanções econômicas impostas ao longo dos últimos anos.

O Irã garante que seu programa nuclear tem apenas fins pacíficos e defende o direito de enriquecer urânio.

As negociações em Genebra, as primeiras entre as partes desde a eleição do moderado Hassan Rouhani como presidente do Irã em junho, são vistas como a melhor oportunidade dos últimos anos para encerrar o impasse entre as potências e o Irã.