Irã condena afegãos à morte por estupro de turista francesa

Os dois homens foram declarados culpados pelo estupro da francesa de 24 anos nas montanhas situadas no distrito de Farahzad

O Irã sentenciou à morte dois afegãos pelo estupro de uma turista francesa no norte de Teerã.

Os dois homens foram declarados culpados pelo estupro da francesa de 24 anos nas montanhas situadas no distrito de Farahzad, em 19 de setembro de 2015.

O tribunal também multou uma pessoa também afegã que ajudou dois outros acusados no crime a fugir.

No Irã, residem mais de três milhões de afegãos, muitos refugiados do conflito que devasta seu país há décadas. Apenas um terço tem residência legal.