Irã afirma que alegações de Israel são “infantis e ridículas”, diz agência

País disse que afirmações de Netanyahu buscam afetar decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre acordo nuclear

O Irã afirmou na segunda-feira que as alegações de Israel sobre o programa nuclear de Teerã são “infantis e ridículas” e buscam afetar a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre o acordo nuclear em 12 de maio, informou a agência de notícias semioficial Tasnim.

“O show de Netanyahu foi um jogo infantil e ridículo… O programa planejado antes do prazo final de 12 de maio é para afetar a decisão de Trump sobre o acordo nuclear do Irã”, disse Abbas Araqchi, segundo a Tasnim.

Trump vai decidir até 12 de maio se vai retomar as sanções econômicas dos Estados Unidos contra Teerã, o que seria um duro golpe para o pacto de 2015 entre o Irã e seis grandes potências.