Interpol irá ajudar a identificar vítimas da Air Algérie

A Interpol anunciou que enviará equipe para ajudar na identificação das vítimas do avião da Air Algérie que caiu no Mali

Paris – A Interpol anunciou nesta sexta-feira que irá enviar uma equipe para ajudar a coordenar a identificação das vítimas do avião da Air Algérie que caiu na madrugada de quinta-feira no norte do Mali.

Uma primeira equipe, cujo número de membros não foi concretizado, irá ao centro de crise da gendarmaria francesa em Paris, enquanto outra estará preparada para ser enviada à África assim que for decidido onde e quando vai acontecer o processo de identificação.

“A Interpol está pronta para oferecer o apoio requerido para garantir que as vítimas serão adequadamente identificadas, para que possam ser devolvidas a suas famílias o mais rápido possível”, disse em comunicado o diretor-executivo dos serviços policiais do organismo, Jean-Michel Louboutin.

O centro de comando e de coordenação da Interpol em sua sede de Lyon, segundo detalhou a nota, está também em contato com as autoridades competentes de cada um dos 15 países dos quais procediam as 116 vítimas mortais, número que as autoridades francesas elevam a 118.

As equipes de identificação estão compostas habitualmente de especialistas nas cenas de crimes, legista com conhecimentos em patologias e em dentição, especialistas em impressões digitais e em DNA, assim como fotógrafos.