Insurgentes atacam principal agência de inteligência afegã

Ataque de um grupo de "suicidas" contra o centro de treinamento do Diretório Nacional de Segurança começou por volta de 10h10 (horário local)

Cabul – Um grupo de insurgentes atacou nesta segunda-feira em Cabul um centro de treinamento da principal agência de inteligência afegã, ao ocupar um edifício em construção próximo de onde iniciou um tiroteio contra as forças de segurança que ainda está em curso.

O ataque de um grupo de “suicidas” contra o centro de treinamento do Diretório Nacional de Segurança (NDS) no oeste da capital afegã começou por volta de 10h10 (horário local, 3h40 de Brasília), segundo afirmou à Agência Efe o porta-voz do Ministério de Interior, Nasrat Rahimi.

“Está acontecendo um tiroteio contra as forças de segurança”, informou o porta-voz, que revelou que também foram ouvidas duas fortes explosões na área do ataque, sem que se saiba ainda se há feridos ou vítimas mortais na ação insurgente.

“A área está totalmente sob controle das forças de segurança e esperamos que o edifício seja desocupado em breve”, completou Rahimi, que disse desconhecer o número exato de atiradores que se entrincheiraram no edifício em construção de vários andares.

A capital afegã foi alvo neste ano de graves ataques insurgentes. Há um mês, pelo menos 17 pessoas, entre elas oito policiais, morreram e 18 ficaram feridas em um ataque suicida na entrada de um hotel no noroeste de Cabul.

Além disso, no final de maio aconteceu na capital afegã o pior atentado no país desde 2001, com o ataque com um caminhão repleto de explosivos que deixou 150 mortos e mais de 300 feridos.

Desde o fim da missão de combate da OTAN em janeiro de 2015, Cabul foi perdendo terreno perante os insurgentes até controlar apenas 57% do país, segundo o inspetor especial geral para a reconstrução do Afeganistão do Congresso dos Estados Unidos.