Inspetores da ONU visitam subúrbio rebelde de Damasco

Este é o segundo dia de investigação nos locais atingidos por um suposto ataque com armas químicas que matou centenas de pessoas

Beirute – Uma equipe de inspetores da ONU chegou a uma localidade nos arredores de Damasco controlada por rebeldes nesta quarta-feira, disseram ativistas da oposição, para um segundo dia de investigação nos locais atingidos por um suposto ataque com armas químicas que matou centenas de pessoas.

“Eles chegaram à cidade de Maleiha e agora estão sob escola rebelde, em breve eles vão para as cidades onde os ataques aconteceram para começar suas inspeções”, disse o ativista Salam Mohammed, falando pelo Skype.

Na segunda-feira, um carro com os inspetores da ONU foi alvejado por franco-atiradores quando eles se dirigiam a subúrbios de Damasco supostamente atacados com armas químicas.

A oposição síria diz que centenas de pessoas morreram enquanto dormiam, na madrugada de quarta-feira, por causa do ataque químico realizado por forças do governo na semana passada.

O governo do presidente Bashar al-Assad nega ter cometido o massacre, e no domingo autorizou a visita de inspetores da ONU ao local.