Inflação britânica desacelera pelo 3º mês consecutivo

Principal responsável foi uma baixa nos preços de transporte

Londres – A inflação britânica registrou desaceleração pelo terceiro mês consecutivo em julho, a 3,1% em ritmo interanual, contra 3,2% em junho – graças, principalmente, a uma queda dos preços do transporte, segundo dados publicados nesta terça-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas.

A cifra está dentro das espectativas dos analistas, embora continue muito acima da meta de 2% fixada pelo Banco da Inglaterra (BoE) – o que se deve, em grande parte, a um aumento de 0,7% nos preços dos alimentos, o maior em dois anos.

Em termos mensais, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) britânico caiu 0,2% em julho.

A inflação no Reino Unido está acima dos 2% fixados pelo BoE desde novembro passado.

Leia mais notícias sobre inflação

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter