Índia: trem com 50 vagões leva água a cidade que tem pior seca em décadas

As autoridades só podem fornecer 60% da quantidade de água necessária para abastecer a cidade de 4,9 milhões de habitantes

Um trem especial de 50 vagões, carregados com 2,5 milhões de litros de água, chegou à cidade indiana de Chennai nesta sexta-feira, na metade de uma das piores secas que afeta o sul da Índia há décadas.

Os vagões foram arrastados por uma locomotiva especial, decorada com flores e com um cartaz que dizia “Água potável para Chennai”.

Quatro trens especiais diários levam água até Chennai – a sexta cidade indiana mais povoada – de Vellore, a cerca de 125 quilômetros de distância, para combater a seca.

O primeiro envio será levado a um centro de tratamento de água. Depois será distribuído em caminhões a diferentes partes da cidade no sábado.

Chennai viu somente uma parte das chuvas que costumam cair durante junho e julho.

A cidade de 4,9 milhões de habitantes sofreu uma crise similar em 2001, durante a qual também foram enviados trens com água.

A capital do estado de Tamil Nadu requer normalmente pelo menos 825 milhões de litros de água por dia, mas as autoridades atualmente só podem fornecer 60%.

Com temperaturas que frequentemente chegam aos 40 ºC, as reservas secaram e outras fontes de água estão minguando cada dia mais.

O metrô de Chennai desligou seu ar condicionado, os agricultores foram obrigados a deixar de regar seus cultivos, e as empresas pediram para trabalhar de casa.

A economia da cidade também foi afetada. Alguns hotéis e restaurantes tiveram que fechar temporariamente.