Incêndios florestais na Califórnia desabrigam milhares

Ocorrências danificaram ou destruíram mais de 100 edifícios e devastaram milhares de hectares de florestas secas

Los Angeles – Equipes de emergência estavam combatendo cerca de uma dezena de incêndios florestais na Califórnia nesta terça-feira, os quais forçaram milhares de pessoas a deixarem suas casas, danificaram ou destruíram mais de 100 edifícios e devastaram milhares de hectares de florestas secas.

Três anos de secas na região mais populosa dos Estados Unidos forçaram os fazendeiros a deixarem seus campos sem cultivo e tornaram as comunidades dependentes de águas de poço, com arbustos secos servindo de combustível para incêndios florestais frente a um calor de 38 graus Celsius.

Estava previsto que a temporada de incêndios florestais deste ano, que tipicamente vai de maio a outubro, seria a mais destrutiva já registrada, de acordo com o Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia.

Num balanço das autoridades, consta que cerca de 140 hectares ao norte do Estado foram queimados, mais de 100 prédios foram destruídos ou danificados e mais de 1.000 pessoas deixaram suas casas em três pequenas comunidades.