Incêndio em trem no Paquistão deixa mais de 70 mortos

Segundo o ministro de ferrovias do país, a explosão aconteceu depois de um botijão ser manipulado por passageiros durante o café da manhã

São Paulo — Um trem de passageiros pegou fogo nesta quinta-feira (31), no sul do Paquistão, às 6h30 da manhã no horário local (22h30 de quarta no horário de Brasília). 73 pessoas morreram e 40 ficaram ficaram feridas depois que um botijão de gás explodiu, segundo informações da agência de notícias Reuters.

Segundo o ministro de ferrovias do país, Sheikh Rashid Ahmed, a explosão aconteceu depois de um botijão ser manipulado por passageiros durante o café da manhã. Manipular botijões de gás nos trens é proibido, mas é comum vê-los nos trens paquistaneses, em especial para viagens longas.

O fogo destruiu três vagões do trem. Rashid afirmou à uma emissora de TV local que muitas pessoas morreram ao tentar fugir do trem em movimento.

Os passageiros saíram da cidade de Carach para Rawalpindi, perto da capital. Muitos iam para uma conferência religiosa.

De carro, de acordo com o Google Maps, uma viagem do tipo duraria quase 19 horas. Não há informações disponíveis sobre quanto tempo a viagem de trem demoraria.