Incêndio de caminhão na Nigéria deixa pelo menos nove mortos

Um caminhão que transportava cerca de 33 mil litros de combustível bateu e pegou fogo em uma estrada perto de Lagos

Abuja – Pelo menos nove pessoas morreram depois que um caminhão que transportava combustível bateu e pegou fogo em uma estrada perto de Lagos (sudoeste), principal cidade da Nigéria, informaram nesta sexta-feira veículos de imprensa locais.

Segundo os serviços de emergência, algumas mortes ocorreram depois do acidente, quando vários carros que estavam atrás deram meia volta, provocando uma colisão em série.

Outros morreram quando tentavam fugir a pé, caíram desde a ponte onde aconteceu o acidente, no qual foram carbonizados 54 veículos.

O fogo foi finalmente controlado pelos bombeiros, que compareceram à zona junto a um contingente de cerca de 500 agentes da polícia.

O caminhão transportava cerca de 33 mil litros de combustível, explicou o diretor regional dos bombeiros, Rasak Musbau, ao portal de notícias “Punch”.

O comandante da Unidade de Intervenção Rápida (RSS) da Polícia em Lagos, Olatunji Disu, pediu aos motoristas que circulem por rotas alternativas até que os serviços de emergência terminem de limpar a zona do acidente.

O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, expressou suas condolências através de um comunicado, e qualificou o incidente como “uma das maiores tragédias que ocorreram no nosso país nos últimos tempos”.

Buhari pediu aos serviços de emergência e às forças de segurança que façam “o máximo possível” para limitar as perdas humanas e materiais depois do acidente.

O péssimo estado das estradas da Nigéria e a má condução dos cidadãos – seja por excesso de velocidade, por sobrecarga de veículo ou circulação temerária – causam frequentes acidentes de trânsito, que tiram milhares de vidas por ano.

A Entidade Federal de Segurança em Estrada assegura que morrem cerca de 6 mil pessoas por ano na Nigéria, mas analistas do país estimam que o número real é muito maior, já que muitos acidentes que não são documentados.