Encontro do G-20; Novo iPhone…

Na semana

– O candidato a vice-presidente da chapa republicana de Donald Trump, Mike Pence, afirmou que irá divulgar seu imposto de renda essa semana. Pence disse que Trump divulgará suas próprias contas assim que a auditoria sobre seus impostos terminar. Embora prática comum entre candidatos, Trump tem se recusado a divulgar seus retornos de impostos. A suspeita é que ele os números podem mostrar que Trump tem muito menos dinheiro do que apregoa.

Segunda-feira 5

– Segundo dia e último dia do encontro do G-20 na China. No fim de semana, os líderes fizeram repetidos apelos pelo comércio e por políticas que estimulem o crescimento. A grande dúvida do dia é se os países vão deixar suas diferenças de lado e chegar a um acordo econômico.

– Assim como Michel Temer, o presidente argentino Mauricio Macri tenta usar o encontro na China para consolidar sua liderança e engatilhar acordos comerciais. Hoje, Macri encontra o primeiro ministro interino da Espanha, Mariano Rajoy, e o primeiro ministro da Índia, Narendra Modi.

– Membros do parlamento britânico iniciam um debate sobre a petição que pede um segundo referendo sobre a permanência ou não do país na União Europeia. Não haverá qualquer tipo de voto. A petição é uma tentativa de voltar atrás com o Brexit, referendo que tirou o Reino Unido do bloco em junho. Líderes europeus afirmaram à época que não aceitarão recuo por parte dos britânicos.

– O senador americano Bernie Sanders volta aos compromissos de campanha. Desta vez pela candidata democrata Hillary Clinton, contra quem ele competiu durante as primárias do partido. Sanders fala a grupos de trabalhadores em New Hampshire apoiando a candidata no dia do trabalho.

Terça-feira 6

– Acontece no Laos o 28º Encontro da Associação de Nações do Sudeste Asiático. Líderes dos Estados Unidos, Japão, China, Índia, Nova Zelândia, Austrália e Coreia do Sul já confirmaram presença. Barack Obama é o primeiro presidente dos Estados Unidos a visitar oficialmente o Laos. Lá ele se encontra com o primeiro ministro Thongloun Sisoulith e discursa no evento sobre a política econômica asiática dos Estados Unidos e sobre o Tratado Transpacífico.

– O Congresso e o Senado dos Estados Unidos retornam do recesso de verão com apenas algumas semanas para aprovar uma nova lei orçamentária, diante do final da lei anterior, em 30 de setembro. Uma dúvida é o quanto deve ser investido e incluído na lei de orçamento para lutar contra o Zika Vírus, que tem afetado estados mais quentes durante o verão.

– Executivos, investidores e analistas se reúnem em Singapura para a Conferência de Petróleo do Pacífico Asiático. É um dos maiores eventos do mundo sobre petróleo.

– O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfang Schaeuble, apresenta formalmente o orçamento do país para 2017 no parlamento. A primeira ministra Angela Merkel fala aos parlamentares sobre o assunto na quarta-feira.

Quarta-feira 7

– O presidente do Banco da Inglaterra, Mark Carney, dá um testemunho diante do parlamento britânico sobre a decisão do banco de cortar as taxas de juros para o menor valor dos últimos sete anos. Carney ainda afirmou que cortes menores poderiam vir para tentar amenizar a decisão do país de ter deixado a União Euopeia. O Banco da Inglaterra enfrenta críticas de alguns legisladores por ter apoiado a campanha de permanecer no bloco europeu à época do Brexit.

– Executivos da companhia de tecnologia Apple devem apresentar o novo modelo de celular, o iPhone 7, em São Francisco. Uma nova versão do relógio Apple Watch e melhoras no sistema operacional da empresa, o iOS 10, também devem se apresentadas.

– O político francês Michel Barnier, que está liderando as negociações europeias com o Reino Unido sobre a saída do bloco, fala em um painel em Bruxelas sobre como estão os acordos. A atual primeira ministra do Reino Unido, Theresa May, já sinalizou que só deve dar início ao processo de saída no ano que vem.

Quinta-feira 8

– O presidente da França, François Hollande, faz um pronunciamento sobre terrorismo, em Paris. Nos últimos dois anos a França foi palco de atentados como os ataque à boate Bataclan e ao jornal Charlie Hebdo e o atropelamento em Nice.

– O ministro das finanças do méxico, Luis Videgaray, apresenta o orçamento nacional para 2017 no congresso. Há expectativa de cortes de gastos e menor crescimento do país.

Sexta-feira 9

– O primeiro ministro grego, Alexis Tsipras, recebe os líderes de Portugal, França, Espanha, Chipre e Malta em Atenas. A Grécia promove um encontro dos países do sul da Europa para acordos de cooperação entre os países.

– Prazo final para entrada de candidaturas à presidência francesa. O ex-presidente Nicolas Sarkozy já disse que deve tentar se eleger mais uma vez ao cargo. Ele perdeu para o socialista e atual presidente, François Hollande em 2012. Sarkozy enfrenta outros 13 candidatos nas primárias do Partido Republicano em novembro – o favorito é o ex-primeiro ministro Alain Juppé. O vencedor concorre no ano que vem contra a candidata de extrema-direita Marine Le Pen e contra um candidato socialista, que deve ser Hollande.