Ilhas Senkaku formam parte de tratado EUA-Japão, diz Obama

As ilhas Senkaku, sob poder japonês, estão cobertas pelo tratado de segurança entre Japão e Estados Unidos, declarou o presidente americano

Tóquio – As ilhas Senkaku, sob poder japonês, mas que a China reivindica sob o nome de Diaoyu, estão cobertas pelo tratado de segurança entre Japão e Estados Unidos, declarou o presidente americano, Barack Obama, a um jornal japonês.

“A política dos Estados Unidos é clara. As ilhas são administradas pelo Japão e, portanto, entram no âmbito do artigo 5 do tratado de cooperação e segurança assinado por Estados Unidos e Japão”, afirma Obama na entrevista publicada no Yomiuri Shimbun, o jornal japonês de maior circulação.

Barack Obama, que chegou nesta quarta-feira ao Japão, primeira etapa de um giro asiático que o levará à Coreia do Sul, Malásia e Filipinas, também se referiu à China.

“Também disse ao presidente chinês, Xi Jinping, que as nações tinham interesse em administrar estas questões marítimas de forma construtiva, inclusive no Mar da China Oriental”, afirmou.

“As divergências devem ser resolvidas através do diálogo e da diplomacia, e não pela intimidação e coerção”, acrescenta o presidente americano.

Há um ano, as relações entre China e Japão estão abaladas pelo conflito territorial provocado por estas ilhas localizadas no Mar da China Oriental, 200 km a nordeste de Taiwan e 400 km a oeste de Okinawa (sul do Japão).