Idosa é presa na Argentina acusada de narcotráfico

A "Avó Narco" ou "A velha Ulla", apelido com o qual também é conhecida, foi detida juntamente com outras três pessoas em um bairro pobre de Quilmes

Buenos Aires – A polícia argentina deteve nesta quinta-feira em Buenos Aires uma idosa de 82 anos, conhecida como “a Avó Narco”, acusada de fazer parte de um grupo de narcotraficantes, de quem foram confiscadas duas mil doses de “paco” (pasta base de cocaína) e maconha, informaram à Agência Efe fontes policiais.

A “Avó Narco” ou “A velha Ulla”, apelido com o qual também é conhecida, foi detida juntamente com outras três pessoas em um bairro pobre de Quilmes.

A organização, à qual a idosa supostamente fazia parte, se dedicava à produção, fracionamento e distribuição de grandes quantidades de droga, especialmente “paco”.

Além das 2 mil doses desta substância, as autoridades também apreenderam maconha, dinheiro e outros elementos utilizados para a divisão da droga, como coadores, estilete e raladores, todos com restos de entorpecentes.