Iata: tráfego aéreo internacional sobe 16,5% em abril

Segundo a organização, setor cresceu 7% em relação a 2008, antes do início da crise

São Paulo – O tráfego aéreo internacional cresceu 16,5% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou hoje a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata). Segundo a entidade, esta alta expressiva está ligada ao fato de que, há um ano, o espaço aéreo europeu ficou fechado devido à erupção do vulcão islandês Eyjafjallajokull. Porém, a Iata ressalta que o mercado aéreo internacional em abril deste ano aumentou 7% em relação ao pico pré-recessão, no início de 2008.

Enquanto a demanda de passageiros por viagens internacionais aumentou 16,5% em abril, houve aumento de 16,8% na oferta. A taxa de ocupação ficou em 76,7%, ante 76,8% em abril do ano passado. O transporte de carga internacional cresceu 5,4%, enquanto a oferta subiu 12,3%, na mesma base de comparação.

O levantamento da Iata inclui mercados domésticos. De acordo com a Iata, a demanda de passageiros neste setor mostrou alta de 4,7% em abril de 2011, ante igual mês de 2010. A oferta cresceu 3,1% e a taxa de ocupação ficou em 78,8% no mesmo período. No transporte interno de cargas, houve queda de 9,3% na demanda e recuo de 1% na oferta.

A Iata cita ainda que Brasil e Índia mostraram o mais forte crescimento da demanda doméstica no período, para 23,8% e 25,6%, respectivamente. “Ambos continuam com sua tendência de crescimento em alta velocidade”, afirma a entidade.

Quando somadas as rotas internacionais às domésticas, houve aumento de 11,9% na demanda de passageiros e de 11,5% na oferta, em abril, em relação a uma ano antes. A taxa de ocupação ficou em 77,4%. No transporte de carga, a demanda cresceu 3,3% e a oferta elevou-se em 9,2%, fazendo com que a taxa de ocupação neste setor recuasse para 46,5%, ante 49,1% em abril do ano passado.