Houthis elevam para 45 número de mortos em atentado em Sana

Em comunicado, os houthis informaram que a explosão registrada na praça Tahrir também deixou 150 feridos, dos quais 40 estão em estado grave

Sana – O movimento xiita dos houthis elevou nesta quinta-feira para mais de 45 pessoas o número de mortos em um atentado realizado por um suicida no centro da capital do Iêmen, Sana.

Em comunicado, os houthis informaram que a explosão registrada na praça Tahrir também deixou 150 feridos, dos quais 40 estão em estado grave.

Este número de vítimas não foi confirmado de forma oficial.

Segundo pôde constatar a Agência Efe no local do atentado, havia 20 corpos após a explosão, embora seja possível que tenham morrido posteriormente alguns dos feridos.

O terrorista acionou os explosivos que levava junto ao corpo perto de um posto de segurança na praça Tahrir, onde os xiitas faziam uma manifestação contra a intervenção estrangeira nos assuntos internos iemenitas.

Por enquanto, nenhum grupo reivindicou o atentado, mas a Al Qaeda protagoniza há semanas uma campanha contra os xiitas e ataques contra o Exército, a quem acusa de simpatizar com os houthis.

A explosão não impediu que milhares de seguidores do movimento xiita “Ansar Alá” continuem seus protestos na praça Tahrir, aonde continuam chegando manifestantes.