Hosni Mubarak sofre parada cardíaca no Egito

As fontes afirmaram que Mubarak, de 84 anos, entrou em uma fase crítica, agravada por uma crise respiratória que o obrigou a usar aparelhos

Cairo – O ex-presidente do Egito Hosni Mubarak, detido em uma prisão no Cairo, sofreu nesta terça-feira uma parada cardíaca, teve de receber atendimento de emergência com eletrochoques e pode ser levado a um hospital militar nas próximas horas, informou a agência oficial de notícias egípcia “Mena”.

Fontes de segurança disseram que os serviços médicos da prisão de Tora, no sul da capital, utilizaram um desfibrilador depois que o coração do ex-líder deixar de bater.

As fontes afirmaram que Mubarak, de 84 anos, entrou em uma fase crítica, agravada por uma crise respiratória que o obrigou a usar aparelhos.

A agência mencionou a possibilidade de o ex-presidente ser transferido a um hospital militar nas próximas horas se seu estado de saúde se deteriorar.

Mubarak foi levado à prisão de Tora no último dia 2 de junho, após ser condenado à prisão perpétua por cumplicidade na morte de manifestantes durante as revoltas que levaram a sua renúncia, em fevereiro de 2011. Desde então, sua saúde começou a se deteriorar. Ao longo de seus 17 dias em Tora, já teve de receber atendimento de emergência várias vezes por recaídas.

Em abril de 2011, Mubarak foi hospitalizado em um hospital de Sharm el-Sheikh (na Península do Sinai), após sofrer um ataque cardíaco, no mesmo dia em que tinha sido interrogado e posteriormente detido.