Honduras escolhe novo presidente neste domingo

Xiomara Castro, mulher do ex-presidente Zelaya, e o presidente do Congresso e candidato do governo, Juan Orlando Hernández, chegam às eleições empatados

Tegucigalpa – Honduras escolhe neste domingo o novo presidente do país numa disputa entre a mulher do líder derrubado em 2009, Manuel Zelaya, e um conservador que promete colocar militares nas ruas para combater a violência.

Xiomara Castro, mulher do ex-presidente Zelaya, e o presidente do Congresso e candidato do governo, Juan Orlando Hernández, chegam às eleições empatados, segundo a última pesquisa eleitoral.

O vencedor vai encarar a partir de janeiro uma situação econômica difícil e o desafio de reduzir a violência. Honduras é o país com a maior taxa de homicídios do mundo.

Com 54 anos, a ex-primeira-dama começou na vida política ao liderar os protestos contra o golpe de Estado que derrubou o marido em 2009. Ela liderou as pesquisas durante meses e promete “refundar Honduras” com um “socialismo democrático”.

Hernández ganhou terreno na disputa com a promessa de usar os militares para conter a violência.