Honduras anuncia que mudará embaixada de Israel para Jerusalém

A mudança ocorre depois de meses de avaliação do governo hondurenho; Estados Unidos e Guatemala já haviam feito a movimentação

Washington – O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, anunciou neste domingo (24), que mudará imediatamente a embaixada do país em Israel de Tel Aviv a Jerusalém, seguindo os passos de países como Estados Unidos e Guatemala.

“Honduras abrirá imediatamente nossa missão diplomática oficial e isso mudará nossa embaixada para a capital de Israel, Jerusalém”, disse Hernández na abertura da conferência do Comitê de Assuntos Públicos Americano-Israelenses (AIPAC), em Washington.

A mudança, recebida com aplausos entre os participantes do evento, ocorre depois de meses de avaliação do governo hondurenho.

Hernández agradeceu a cooperação de Israel com Honduras e defendeu que a relação entre os dois países siga nesse caminho.

“Desde que assumi a presidência, recebemos a cooperação técnica de Israel em matéria de segurança, o que ajudou Honduras a salvar dezenas de milhares de vidas”, disse Hernández.

Em maio, os Estados Unidos decidiram mudar a embaixada em Israel para Jerusalém. Os passos foram seguidos por Guatemala e Paraguai, mas Mario Abdo Benítez reverteu a decisão tomada por Horacio Cártez, que estava em fim de mandato, assim que assumiu o poder.

A conferência anual do Aipac começou hoje em Washington e vai até terça-feira. Também participarão do evento o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e seu principal adversário nas eleições do país no próximo dia 9 de abril, Benny Grantz.

O evento começou com um discurso do diretor-executivo da Aipac, Howard Kohr, que ressaltou a importância das boas relações entre israelenses e americanos.

“O que une nosso movimento pró-Israel é a paixão de aproximar Estados Unidos e Israel em benefício de ambos e de todos”, afirmou Kohr no discurso.