Homem que ameaçava explodir suposta bomba é detido em NY

A ameaça ocorreu perto da meia-noite quando um homem jogou um pacote contra dois policiais que estavam dentro de um veículo

Nova York – Um homem de origem colombiana foi detido nesta quinta-feira em um ponto central de Nova York, depois de ter mantido em alerta a Polícia por várias horas, fazendo ameaças com uma suposta bomba.

O sujeito foi identificado pela imprensa local como Héctor Meneses, de 52 anos, um ex-motorista de táxis que tinha se refugiado dentro de uma caminhonete por seis horas antes de ser detido esta manhã.

O fato aconteceu na praça de Columbus Circle e começou perto da meia-noite quando um desconhecido, que se acredita poderia ser Meneses, jogou um pacote contra dois policiais que estavam dentro de um veículo.

O pacote continha uma lanterna, uma vela e outros objetos envolvidos em papel alumínio e em um pedaço de pano, segundo a imprensa.

O veículo que era dirigido pelo suspeito que jogou esse objeto foi avistado posteriormente pela Polícia e foi cercado pelos agentes, enquanto Meneses se mantinha no interior ameaçando explodir uma bomba, o que acabou sendo falso.

A situação foi resolvida por volta das 8h (horário local, 9h e Brasília), quando a Polícia comprovou com um robô que não existia tal explosivo e fez a detenção do sujeito.

“Tentou simular uma panela de pressão com cabos”, disse aos jornalistas o chefe de detetives de Manhattan, Bill Aubry.

Meneses se refugiou dentro do veículo com óculos de sol e um capacete vermelho parecido com os de construção ou de equipes de emergências, dizendo que tinha uma bomba junto ao corpo, acrescentou o chefe de Polícia.

O fato criou um grande engarrafamento durante várias horas e a suspensão de várias linhas do metrô.