Homem morre ao por fogo em si mesmo ante Casa Real britânica

O caso aconteceu diante do Palácio de Kensington, residência londrina do príncipe William e sua família

Um homem de cerca de 40 anos morreu imolando-se com fogo na madrugada desta terça-feira diante do Palácio de Kensington, a residência londrina do príncipe William e sua família.

“O incidente não é suspeito, nem relacionado com o terrorismo”, informou a polícia em um comunicado.

“A polícia foi aos jardins do palácio de Kensington às 03h06 desta terça-feira depois de ser informada da presença de um homem de comportamento suspeito. Os agentes encontraram um homem, provavelmente de 40 anos, ardendo em chamas”, acrescentou o comunicado.

O homem morreu em consequência de seus ferimentos. Um hospital londrino foi notificado, horas antes, do desaparecimento de um paciente.

O príncipe e sua família não se encontravam no palácio no momento dos fatos, informou um porta-voz da Casa Real.