Homem fere nove pessoas a faca nos EUA, entre elas refugiados

Suspeito foi preso durante a fuga, mas ainda não esclareceu o motivo do ataque

Um homem de 30 anos invadiu, na noite de sábado, um complexo de apartamentos onde vivem refugiados em Idaho e esfaqueou nove pessoas, entre elas seis crianças. Quatro delas ficaram gravemente feridas.

A polícia de Boise, cidade de 226 mil habitantes no pequeno estado rural de Idaho no noroeste dos Estados Unidos, prendeu o suspeito durante sua fuga, mas ainda ignora suas justificativas e se o ataque era voltado especificamente para os refugiados.

O agressor, identificado como Timmy Kinner, não é um refugiado, disse a polícia no domingo, ao anunciar 15 acusações contra ele. “O suspeito era um morador temporário da residência (…), até que pediram que ele fosse embora na sexta-feira”.

Algumas vítimas estavam dentro de apartamentos, outras na área externa. A polícia foi chamada às 20H46 locais (23H46 de Brasília).

“As vítimas incluem refugiados”, disse o chefe de polícia de Boise, Bill Bones, à imprensa. “As idades das vítimas são extremadamente variadas”, acrescentou.

De acordo com o jornal local Idaho Statesman, os apartamentos fazem parte de um programa de assistência federal que limita os aluguéis a 30% da receita dos inquilinos.

“Nunca vimos tantas vítimas por uma única ação em Boise na história”, disse Bones.