Hollande anuncia criação de Guarda Nacional

Objetivo é que "esta força, a serviço da proteção dos franceses, esteja operacional o quanto antes", indicou o Eliseu em comunicado

O presidente François Hollande anunciou nesta quinta-feira a criação de uma Guarda Nacional na França para ajudar as forças de segurança a lutar contra atentados.

“O presidente da república decidiu que a Guarda Nacional será formada por reservistas operacionais existentes”, indicou o Eliseu em um comunicado após um encontro entre Hollande e parlamentares especializados no tema.

Esta Guarda Nacional pode estar operacional no início do outono (no hemisfério norte). O objetivo é que “esta força, a serviço da proteção dos franceses, esteja operacional o quanto antes”, indicou o Eliseu no comunicado.

Até agora o presidente francês havia falado de aumentar as reservas da gendarmaria, da polícia e das que já existem no exército de terra, ar e da marinha, para apoiar o trabalho das forças de segurança, sob pressão há 18 meses devido a uma série de atentados.