Holanda abre maior estacionamento de bicicletas do mundo

Até o final de 2018, estacionamento terá espaço para 12,5 mil magrelas

São Paulo – Quase metade dos moradores de Utrech, na Holanda, usa a bicicleta como principal meio de transporte nos seus deslocamentos diários. As ruas da cidade são todas adaptadas para o tráfego sobre duas rodas, com ciclovias, corredores compartilhados, postos de aluguel e de guarda e até sinais especiais.

Tudo isso faz da cidade holandesa um dos paraísos mundiais para os ciclistas urbanos. Mas tamanha popularidade das magrelas também gera problemas, como a saturação de áreas centrais e a falta de espaço para estacionar as bikes. Atenta ao problema, a prefeitura de Utrech lançou, há cerca de dois anos, um plano ambicioso: construir o maior estacionamento para magrelas de que se tem notícia.

Utrecht inaugura maior estacionamento de bicicletas do mundo.

 (uc2030/Reprodução)

Neste mês, a primeira parte do projeto foi inaugurada – uma área de 17,1 mil metros quadrados que, por ora, é capaz de armazenar 6.000 bicicletas, e visa mais 6.500 até o final do ano que vem.

Utrecht inaugura maior estacionamento de bicicletas do mundo.

 (cu2030/Reprodução)

Pensa que a cidade se dá por satisfeita? Nada disso. De acordo com Tatjana Stenfert, gerente de projeto da estação de Utrecht, ainda mais estacionamento para bicicletas será adicionado à área no futuro. “Teremos 12.500 lugares até o final de 2018. Mas então teremos que fazer algumas pesquisas e encontrar mais lugares para as bikes. Nunca para. Eu olho em volta e todo mundo está tentando encontrar mais espaços”, disse ao The Guardian.

Utrecht inaugura maior estacionamento de bicicletas do mundo.

 (uc2030/Reprodução)

Segundo a prefeitura de Utrecht, 43% das viagens abaixo de 7,5 km são feitas de bicicleta, taxa que há cinco anos era de 40%, o que mostra a rapidez com que este meio de transporte está crescendo.